A introdução de um dos meus livros!
Leia o início desse texto aqui para saber tudo sobre meu curso de inglês!

Consegui ‘pular’ um ano do curso com a minha prova, mas, como não havia turma compatível com a minha rotina na faculdade acabei escolhendo estudar aos sábados em uma turma que estava na metade do ano letivo.

Minha turma, nossa! Não sei se era pelo fato de só nos vermos no sábado mas eu gostava da maioria dos meus colegas! Era um grupo grande, acho que umas 10, 12 pessoas (desculpa, leitor estou falando de fatos da década passada, então não dá para precisar um número) todos mais ou menos da minha idade, porém, já tinha colegas que faziam inglês desde sempre e que já iam completar 5,6 anos de curso.

Os professores mereceriam uma saga a parte (mas que não farei, calma!) a cada semestre mudávamos de livro e, com o livro novo, um professor diferente. Foram 9 (é isso aí NOVE) livros então creio que tive uns 7 teachers.
Na verdade foram 10 semestres, mas um eu 'pulei' por causa do nivelamento!

Alguns eram lindos, daqueles que todas as meninas (e talvez alguns meninos) gostariam de ter nem que fosse só para ficar olhando para ele falando inglês. Mas, o mais bonito de todos acabou não sendo da minha turma  O meu era bonito, sim, mas ele me chamava mais a atenção por ser inteligente e super falante do que mesmo pela beleza.

Tive alguns professores mais velhos, beirando os 45, 50 anos. Sabe aquele professor que tem sempre uma história, e sabe vários sinônimos para o que você que dizer, então! As aulas com eles eram super abrangentes e eu escrevia MUITO (a dica do caderninho veio daí).
'Guarde minhas palavras! Você irá escrever muito neste nível. Agora é a sua vez de declarar sua própria independência desenvolvendo sua habilidade escrita. Nós estamos felizes em lhe acompanhar nessa empreitada.'
 tradução do livro Independence.

Também tinham os professores que davam um medo, aqueles que todo o mundo que tinha aula acabava amando ou odiando, porque cobravam demais, não deixavam conversar, se o telefone tocasse no meio da aula dava vontade de fingir que não era o seu de tanta vergonha (não, amigo, ainda não tinha smartphone nessa época). Lembro de uma vez que os primeiros meses com um professor e o livro novo estavam tão ‘pesados’ que eu e minhas amigas ficávamos achando que estávamos boiando mas a verdade era que a informação era muito grande para processar, só precisávamos de tempo mesmo!

A professora que ficou mais tempo com a minha turma era meio desse último grupo. Quem não a conhecesse poderia achar que fosse mandona, mas conosco ela era superelétrica: falava, trazia músicas, dava bronca, elogiava, era uma figura a parte!

Toda aula ela pegava uma cadeira colocava uns 5 dicionários diferentes (daqueles enormes!) e, se aparecesse alguma palavra estranha ela procurava os sinônimos para explicar pra gente de uma forma melhor o que o texto estava dizendo. Ah, ela também discordava do livro às vezes, era engraçado, um dia ela cismou de colocar apelido em todo mundo igual ao do texto que estávamos lendo_ uma família em que todos se chamavam Billy_ acabei virando a Billy Lu!(haha)
Os apelidos pegaram até o final do livro!!

_ Can you read it for me, please, Billy Lu?


24 Comentários

Ione Iaguczeski disse...

Menina de Deus, eu aprendi a falar e entender inglês sozinha. Não tenho tempo de ficar indo ah cursos.
Aliais, tempo eu tenho, o que eu não tenho é paciência.
Boa sorte pra você.

Débora cacheada disse...

Inglês é muito eu faço curso, mas seus aprendizados e rendimentos não depende só do curso, depende de você treina em casa, é clichê oque vou dizer agora, mas veja filmes em inglês com legendas e depois tira a legenda do port, e ponha para o inglês, as mesmas coisas com séries... leia em inglês, se possível repita tudo que ouvir em inglês é bom para treinar a fala, e aja paciência para o curso!! eu faço e já quero que acabe, embora eu adore inglês!

É Tudo Vaidade disse...

Embora hoje eu não pratique tanto, meu inglês sempre foi graças a músicas e leitras de textos mais fáceis e depois ia passando para os mais complexos. Quando eu tinha tempo,não tinha grana para curso, depois que começa trabalhar fora não tem tempo rsrs Precisa muita disciplina para aprender sozinha, mas devo à minha força de vontade pelo pouco que sei (e olha que aprendi muito mais do que pessoas que fizeram cursos de 3, 4 anos por aí) Boa sorte! Inglês, como qualquer idioma, é ótimo.

Bjs!

Lucimar da Silva Moreira disse...

Quase em todos os cursos sempre tem um professor bonito que faz algumas meninas expirar. Todos eles são diferentes, foi bastante legal você contar a sua experiência no curso, bjs.

mami disse...

aprender uma nova língua é sempre um novo desafio. nem sempre fácil!
eu não tenho jeito nenhum, mas com esforço lá aprendi qualquer coisa!

Joana D'arc disse...

oi
Eu também estou pensando em começar um curso de inglês :D
Adorei sua experiência no curso ;)
bjo

Paty Souza disse...

Li um texto sobre sua saga do curso e estou me divertindo. Ainda que vocês dedicou uma parte aos professores pra falar dos professores, adoro esses que se entregam como essa dos dicionários rsrsrs.

Beijos

Mari disse...

Nossa, que saga, hein? Hahahahaha amei saber um pouco mais sobre seus professores.
Beijos
Mari
www.pequenosretalhos.com

Helana Ohara disse...

hehehehe, que coisa estranha e legal de se ler, lembro que fiz curso de inglês quando era mais nova, mas por conta da dislexia não aprendi a falar, tenho vergonha até hoje.
Passei até por uns momentos assim professores mais novos, mais velhos..O que tive problema era com as turmas que estudava :(
Beijinhos, Helana ♥
In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

Plebeia com Estilo disse...

Menina, esse negócio realmente é uma saga! Estou há 5 anos estudando inglês, e ainda nem consegui terminar o segundo livro :(

Boa sorte pra você!

Minda Silva disse...

Eu já comecei e parei umas trocentas vezes, mas ano que vem quero ver se consigo levar a cabo ... Te desejo sucesso e que consiga finalizar o curso!
Bjs (•‿•)

Gisele Rocetti disse...

Tenho também uma "saga" com o inglês...
Não tenho muita paciência para estudar em grupo....
Aprendi muito mais vendo séries e filmes...
Mas é essencial aprendermos!

Dri Gibelini disse...

Que legal suas dicas! Eu entendo bastante palavras em inglês mas nunca fiz nenhum curso por falta de tempo. Espero um dia conseguir fazer. Bjs!

Alice Martins disse...

Olá, tudo bem?

Preciso aprender inglês o quanto antes (só com o básico não dá para viver haha).
Sempre pensei em me matricular em uma turma de inglês, mas sempre acabo tendo receio se irei me adaptar, já que funciono melhor como uma autodita. Estou adorando essa série a respeito do assunto é muito estimulante. Preciso dizer que já amei essa sua professora, ela parece ser do tipo que emana energias boas. Adorei!

Beijos!

Erica Oliveira disse...

Eu nunca tive paciencia para o inglês, na verdade acho que foi culpa de uma professora que tive que não sabia nada de ingles o que acabou me atrasando muito na escola, aí peguei raiva da língua e até hoje sou travada rsrs Mas falando sobre sua saga, já tive professores que encaixavam em todas as categorias e lendo o texto acabei me lembrando de cada um deles rsrs

Érika Monteiro disse...

Oie, tudo bem? Acredito que para aprender inglês precisa gostar bastante e ter animação. Quando os colegas são legais também ajuda rs Fiz espanhol durante quase três anos era bem divertido. Espero que tudo dê certo e você aprenda bastante. Beijos, Érika =^.^=

Maria Babona disse...

nossa, não é facil aprender outro idioma depois de adulta, mas força ai, que foco e dedicacao faz tudo dar certo

Livreando disse...

Hahahaha. Tá dando realmente uma jovem o curso. Eu não tenho muita para ciência para aprender em longo período, com certeza iria começar e não terminar. Espero que dê tudo certo no final.
Bjim!
Tammy

Ana Paula disse...

Eu fiz um curso de inglês em Cambridge (Inglaterra)...
Mas meu inglês não é aquela coisa, noooossa que inglês perfeito kkkk
Eu me viro =)

Giovane Junior disse...

Ingles hoje em dia é essencial! Amei o post <3

Elisangela Santos disse...

Eu sou péssima no inglÊs kkkk

dikinhas da Sol disse...

Oi tudo bem ?!Entao adorei as musicas da playlist e achei muito criativa ...Agora quanto a "to learn English"fiz um ano de wizard ..conversaçao...Era bom,curti ...mas aprendi muito mais com o Duolingo ,lendo musicas no youtube ...mas como disseram ,pra ser fluente vc tem q viver em Ingles e isdo é quase impossivel....bjinhos

kethelin julian disse...

Migaa, essa vida de estudos de inglês eu entendo um pouco! rs! estudei por 4 anos na CNA, tive professor que virou meu amigo íntimo até, vir aqui em casa em fim de ano etc! E teve aquela professora brava que todo mundo tinha medo, a rigorosa que super ensinou a turma! você podia dar umas dicas de idioma miga rsrs, o meu ta péssimo, faz tempo que não pratico! Amei o blog, voltarei muitas vezes ❤❤

Andreza P Siqueira disse...

Que longa história que você deve ter do seu curso de inglês né, quantos professores em tão pouco tempo. Rs
Ótimo estudo
Bjos

Deixe um comentário

Olá, gostou do post? Deixe seu recado aqui!
Ah, seu comment será lido por mim antes de aparecer no blog, ok!
Thank you!!